top of page

Como planejar móveis com acessibilidade?

Atualizado: 16 de set. de 2022

A acessibilidade é um tema amplamente discutido na atualidade, muito além de uma tendência, os móveis acessíveis às pessoas com deficiências e idosos, são uma necessidade para a sociedade atual.


Apesar de ser um mercado amplo, projetar móveis planejados para esse público exige uma série de cuidados. Já que se trata de um público com necessidades específicas, o cuidado é direto na segurança e na facilidade para o dia-a-dia desses grupos. Além disso, as normas que fiscalizam esse tipo de produto são rígidas e contam com um controle bastante ativo.


Para dar vida a um projeto acessível de verdade é preciso mudar a forma de pensar, buscar referências em coisas que estão fora do seu cotidiano e exercer a empatia. Já que tarefas simples para a maioria das pessoas, como abrir uma gaveta, por exemplo, podem ser difíceis para pessoas com deficiência quando não contam com a ergonomia correta em seus móveis.

Para te ajudar nessa missão, nós separamos um compilado de dicas úteis para você lembrar na hora de criar um projeto visando a acessibilidade.


Lembrando que se você é um lojista parceiro do Grupo Jaeli você pode contar com nossos projetistas exclusivos para te auxiliar ativamente nessa missão.


1. Defina o público-alvo


Quando tratamos de um projeto de móvel planejado se torna mais simples ter especificado quem irá viver nesse ambiente. Esse passo é de grande importância para que você comece a entender a rotina dessas pessoas, quais são as suas dificuldades com móveis comuns e o que pode ser otimizado dentro disso.


Tornar um ambiente acessível para um idoso é muito diferente de tornar esse mesmo ambiente acessível a um cadeirante. Assim, definir o seu público deve ser o passo número 1.


2. Alinhe design e funcionalidade


O design é sempre muito importante em qualquer ambiente, mas o ponto principal de se planejar um móvel acessível é a sua funcionalidade. Por isso, tudo deve ser otimizado para que se torne de mais fácil manuseio.


As alturas dos móveis devem ser pensadas para o fácil acesso, gavetas devem possuir sistemas de amortecimento, os cantos de todos os móveis devem ser arredondados, entre outros detalhes.


3. Utilize bem os espaços


É importante manter uma boa margem para a circulação, por isso, nada de lotar o ambiente com móveis espaçosos e grandes. Tente sempre priorizar ambientes livres e de fácil acesso a uma cadeira de rodas, por exemplo.


Uma boa dica aqui é utilizar bem as paredes, com nichos de fácil alcance e barras que facilitem o apoio.


Promover a acessibilidade através de móveis requer parceiros fortes e materiais de alta qualidade, por isso, se você procura um fornecedor e parceiro que te ajude com isso, entre em contato conosco e conheça mais sobre o nosso programa de parcerias!

20 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


logo-whats.png
bottom of page